Truques incríveis explicados pela ciência e que podem ser feitos em casa.

revit modelagem básica

Há alguns fenômenos que simplesmente acontecem e a gente não sabe explicar porque, mas acha espetacular. Todas essas coisas, ou pelo menos a maioria, podem ser explicadas pela ciência. Confira algumas muito interessantes e que podem facilmente ser feitas em casa:

1) ILUSÃO DA ÁGUA – Você não precisa de nada complexo, apenas de um copo com água e duas setas impressas ou no computador. Como no gif apresentado abaixo, é só passar o copo cheio de água pelas setas que elas invertem a posição. Isso acontece porque quando a luz atravessa um material, sofre um fenômeno chamado de refração ou é curvada. A luz da imagem também é levada em direção ao centro, e por isso ela acaba ficando um pouco menor.

gir-água-01

2) PIMENTA FUGITIVA – Essa é incrível e u não sabia. Testei e deu certo, é demais. Você precisa de água, uma tigela, pimenta e sabão. Jogue a pimenta sobre a superfície da tigela com água, de modo que ela fique espalhada. Coloque deu dedo lá, e verá que nada acontecerá. Logo depois, passe sabão nele e coloque de novo, e perceberá que o pó da pimenta fará como na imagem abaixo. Isso ocorre devido à quebra de tensão superficial. Quando intacta, ela faz com que a pimenta flutue daquela maneira. Quando o sabão entra em contato com a água, as pontes de hidrogênio são quebradas e o pó de pimenta é atraído pelas moléculas de água mais próximas às paredes do recipiente, dando esse efeito.

anigif_enhanced-23356-1396720578-1

3) ÁGUA E UÍSQUE – Esse também é muito impressionante e é facilmente explicado pela física. Você precisa de dois pequenos copos de vidro, uísque, água e um cartão rígido. Encha um copo com cada tipo de líquido. Tampe o da água com o cartão e vire-o com cuidado, posicionando-o sobre o outro copo, com o uísque. Deixe uma pequena abertura que possibilite que os dois fluidos entrem em contato, saia e verifique em 10 minutos. A explicação é simples. Como o uísque é mais denso ele flutuará na água, e por isso eles tem uma reação de troca de posição, mesmo que por um pequeno recipiente.

gif-whisky-02

4) O BALÃO À PROVA DE FOGO – Simples e interessante. Você precisará de uma vela ou um isqueiro, balões e um pouco de água. Encha um balão parcialmente de ar e coloque apenas um pouco de água. Acenda uma vela ou um isqueiro, e coloque em contato com o balão no lugar onde a água estiver, como mostrado no gif. Se não houvesse água, certamente o balão já teria estourado, mas isso não aconteceu. E por que? Tão simples quando a sua execução. Como a água absorve o calor, ele não é direcionado no mesmo momento para o plástico fino e frágil da bola de ar, evitando que ela se rompa rapidamente. Depois de algum tempo, obviamente, a água estará quente e isso acontecerá.

gir-03

5) O TRUQUE DO LASER – Você precisará de uma garrafa pet, água e um laser, desses que vendem em lojas “camelô” e são muito usados por professores. Faça um buraco pequeno na garrafa, na parte inferior. Deixe a tampa um pouco aberta aberta para que a água flua, mas controle a vazão para que ela tenha uma queda sutil bem no início. Aponte o lazer para lá, partindo da parte contrária ao furo. Perceberá que a luz seguirá o movimento da água. Isso acontece pois o fluxo da água age como uma fibra ótica, levando a luz com ela.

autocad-pacote-premium

gir-04

6) ÁGUA TÔNICA FOSFORESCENTE – Você precisa simplesmente de água tônica e de uma luz ultravioleta, a luz negra. Apague as luzes normais e acenda a luz negra, e a garrafa de água tônica irá brilhar. Isso explica-se pela presença do fósforo no líquido, que transformam a luz ultravioleta em luz visível. Isso acontece assim como nas canetas “marca-texto”, que brilham fortemente.

gir-05

7) SUSPENSÃO AQUÁTICA  – Você precisa de uma garrafa de vidro, água, uma malha da plástico ou tela de arame, palitos de dente e elástico. O primeiro passo é pegar a tela e cortar um pequeno quadrado com a tela e o prender com um elástico de maneira firme envolta da garrafa. Através dessa tela, encha o recipiente com água. Tampe a boca da garrafa com as mãos, coloque-a de cabeça para baixo e retire a mão. Perceba que a água não será derramada. Agora pegue os palitos de dente e fure a tela, empurrando-os através dela. A água novamente não será derramada!! Incrível, não? E por que?

Isso se explica pelas propriedades coesivas da água. Mesmo com os furos na tela, a própria água cria uma membrana que não permite que a água saia. Sem falar que a pressão externa à garrafa é maior, não permitindo o deslocamento de meio do líquido. No momento em que os palitos são empurrados, algo parecido acontece, e essa propriedade coesiva á água faz com que ela se envolva em torno dos palitos. No momento em que ele é desprendido da tela, a água o libera e ele boia, criando uma membrana para que ela não caia.

gir-06

8) O CONGELAMENTO INSTANTÂNEO é uma técnica muito simples e super legal, que pode ser feita facilmente com água purificada e um congelador. Precisará dela líquida, em torno dos 0°C, e uma pedra de gelo. Deixe-a no congelador por volta de uma hora, mas se quiser maior precisão use um termômetro. Se não tiver o recurso, de 20 em 20 minutos procure fazer o teste. Se der certo, você acertou, simples assim. Se não, coloque mais um pouco. Retire a garrafa com cuidado para que ela não congele na hora. Para que você perceba tem duas maneiras de fazer: a primeira é apertar bem no meio, como acontece com refrigerantes e cervejas, ou dando uma pancada. Outra maneira é jogando essa água super gelada sobre uma pedra de gelo, e ela se congelará instantaneamente. Isso acontece porque a água geralmente congela exatamente em 0°C, mas quando há impurezas, e isso porque essas impurezas ativam a cristalização. Quando pura, pode continuar mantendo-se líquida, mesmo abaixo do zero, e só é cristalizada a partir do momento que entra em contato com outros cristais de gelo ou quando é movimentada.

INCRÍVEL, NÃO É? E TODAS ESSAS VOCÊ PODE FAZER EM CASA!!

JÁ TESTEI QUASE TODAS, E VOCÊ TAMBÉM PODE!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

autocad-projeto-arquitetonico

Rafael de Oliveira Bolonha

Estudante de Engenharia Civil da Univix – Faculdade Brasileira, em Vitória, Espírito Santo.