Tipos de fundação: estaca de madeira

.autocad-projeto-prefeitura

As estacas de madeira nada mais são do que troncos de árvore (os mais retos possíveis) cravados no solo com bate-estacas de pequenas dimensões e martelos leves. Antes da difusão da utilização do concreto, elas eram empregadas quando a camada de apoio às fundações se encontrava em profundidades grandes.

Os tipos de madeira mais usados são eucalipto, aroeira, ipê e guarantã. A madeira tem duração praticamente ilimitada quando mantida permanentemente submersa. Entretanto, quando submetida à variação de nível d’água apodrece por ação de fungos aeróbios que se desenvolvem no ambiente água-ar.

Por isso, a durabilidade das estacas de madeira está condicionada a privá-la de um desses fatores; como no solo é praticamente impossível obter um meio completamente seco, o fator a eliminar é o ar. Entre as atuais obras brasileiras com fundações em estacas de madeira pode-se citar o Teatro Municipal do Rio de Janeiro, construído em 1905.

revit modelagem básica
Estaca

Estaca de madeira cravada no solo

estacas

As estacas de madeira enquadram-se na categoria das estacas de deslocamento, caracterizadas por sua introdução no terreno através de processo que não promova a retirada de solo. A cravação das estacas pode ser feita por percussão, prensagem ou vibração, e a escolha do equipamento deve ser feita de acordo com o tipo, dimensão da estaca, características do solo, condições de vizinhança, características do projeto e peculiaridades do local. A cravação por percussão é o processo mais utilizado, utilizando-se para tanto pilões de queda-livre ou automáticos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

autocad-projeto-arquitetonico

Técnica em Edificações e estudante de Engenharia Civil. Idealizadora do projeto “construcaodescomplicada.com.br” que visa trazer o assunto da engenharia de forma fácil, breve e prática.