Chapisco, emboA�o e reboco. Qual a diferenA�a de cada um deles?

revit modelagem básica

revestimento

A fase de acabamento de uma obra A� quando o processo de revestimento e pintura A� feito. Para isso, algumas camadas devem ser sobrepostas sobre os tijolos ou os blocos, utilizados para a construA�A?o da parede, para que haja melhor eficiA?ncia e o acabamento dure mais tempo.

A�

SA?o trA?s camadas, que devem ser feitas na ordem certa e de acordo com as especificaA�A�es da NBR. A primeira A� o chapisco. Logo em seguida vem o emboA�o e, por fim, o reboco, que serA? a A?ltima camada para depois colocar a tinta.

A�

Chapisco

O chapisco A� a primeira camada de argamassa aplicada no revestimento, e fica diretamente em contato com os tijolos. A finalidade de sua aplicaA�A?o A� justamente deixar a superfA�cie de contato da parede mais A?spera, e, por causa justamente de sua textura porosa, segurarA? com maior facilidade a segunda camada, que A� o emboA�o. O chapisco tambA�m para outras finalidades, como o acabamento. SA?o 4 as classificaA�A�es mais conhecidas, veja abaixo:

– Chapisco Convencional a�� Esse tipo A� o aplicado normalmente para o revestimento, que tem a funA�A?o de aumentar o atrito. Ele A� resistente e firme, sendo produzido com areia e cimento numa proporA�A?o 3×1, ou seja, 3 partes de areia para apenas uma de cimento, o que o deixa realmente bem A?spero. A A?gua A� adicionada aos poucos para dar ponto e, depois de aplicado, precisa de um tempo de cura aproximado de 24 horas, e sA? depois que outra serA? sobreposta. A quantidade a ser produzida A� de acordo com o tamanho da parede, jA? que A� necessA?rio que tenha uma espessura mA�dia de 3 a 5mm. Para aplicaA�A?o, basta utilizar uma colher de pedreiro e espalhar sobre a superfA�cie.

– Chapisco IndustrializadoA�a�� Para superfA�cies de contato mais lisas, o chapisco comum nA?o serve, portanto deve ser utilizado um industrializados, com aditivos que prendam-no em ambos os lados. A aplicaA�A?o dele A� simples, sA? lanA�ar o produto e depois aplicar com uma espA?tula dentada, que farA? as diversas ranhuras necessA?rias.

A�- Chapisco RoladoA�a��Esse tipo A� tambA�m industrializado, com alguns aditivos para melhorar a aderA?ncia dele. A� aplicado com um rolo de textura e A� usado por vezes em A?reas, sejam internas ou externas, para texturar, jA? com uma coloraA�A?o misturada antes da aplicaA�A?o.

– Chapisco com Pedra BritadaA�a��A�Esse tipo A� para utilizaA�A?o em decoraA�A?o externa, apenas. Com brita adicionada aos outros elementos de composiA�A?o, a argamassa fica mais densa e tambA�m nA?o precisa de outra camada sobreposta. Apenas ela e jA? estA? pronto o muro, por exemplo. O tamanho da pedra britada fica A� escolha do dono da obra. Pode-se tambA�m adicionar cal a ela.

aplicacao-chapisco

EmboA�o

Essa nova camada serA? sobreposta sobre o chapisco, e A� composto basicamente de areia, cimento, A?gua e cal. Sua funA�A?o principal A� fazer o nivelamento do chapisco, deixando a superfA�cie mais lisa para receber, enfim, o reboco. Quando uniforme, apresenta uma funA�A?o tambA�m de vedaA�A?o, dificultando a chegada de A?gua e de agentes agressivos A� lajota, o que, se feito erroneamente, causa muita umidade.

Ele A� feito com proporA�A�es diferentes de cimento e areia, com uma parte de cimento, para duas de areia e seis ou oito de cal, que pode tambA�m ser substituA�do por saibro (1:2:6 ou 1:2:8). A� mais uniforme e tambA�m mais grosso (A� chamado, inclusive, de reboco grosso). A� a base para um bom acabamento, portanto deve ser feito com cautela. O acabamento nunca A� perfeito, por isso o emboA�o deve ser feito buscando corrigir todas as falhas de planificaA�A?o. Vale ressaltar que ele tambA�m deve ser A?spero para receber bem o reboco, que sA? poderA? ser aplicado apA?s 7 dias completos de cura. Sua espessura tambA�m A� controlada, sendo de, no mA?ximo, 2,5 cm em partes internas e 3 cm em partes externas.

Lembrando tambA�m que nem sempre serA? desse jeito. HA? o emboA�o paulista, que A� uma camada A?nica posta apA?s o chapisco, que jA? serve tanto como emboA�o quando o reboco. Industrializado e com elementos e fases prA?prias para aplicaA�A?o.

.autocad-projeto-prefeitura

emboA�o

Reboco

Como jA? falado, o reboco A� a A?ltima camada de argamassa do processo de acabamento da obra. A� a camada mais fina, leve, que tem a funA�A?o bA?sica de dar um melhor visual A� superfA�cie da parede para entA?o receber a tinta. Varia em torno dos 5 mm. A� dispensA?vel se utilizado um processo industrializado de nivelamento, que A� o papel do emboA�o.

Alguns procedimentos especiais, com argamassas diferentes, nem sempre podem ser aplicados por qualquer pessoa, e devem procurar um especializado, normalmente o prA?prio fornecedor. HA? pedras calcA?rias, barra lustre, mA?rmore, fulget e vA?rios outros que tem especificaA�A�es prA?prias de aplicaA�A?o.

O material bA?sico envolve cimento, para uma parte, cal hidratada, com duas partes, e areia fina, com seis (1:2). Ele tambA�m tem uma funA�A?o de permeabilizaA�A?o e A� o que caracteriza o ambiente, por ser a A?ltima parte. Ele deve ser feito com muita cautela e, quando necessA?rio, corrigir as imperfeiA�A�es deixadas pelo emboA�o. SerA? feito por A?ltimo mesmo, depois atA� de janelas instaladas em seus devidos lugares.

reboco_04

Fonte: EngCivilBlog, ConstrufA?cil;

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

autocad-projeto-arquitetonico

Rafael de Oliveira Bolonha

Estudante de Engenharia Civil da Univix – Faculdade Brasileira, em Vitória, Espírito Santo.