Aproveitamento de águas pluviais

combo 3ds

A Coleta de Águas Pluviais é uma maneira de captar a água nos períodos de chuva, armazenando a água acima do solo ou guardando no subsolo para ser utilizada posteriormente. Isso acontece naturalmente em áreas rurais abertas. Mas em cidades metropolitanas congestionadas e super pavimentadas, precisamos criar métodos para captar a água da chuva.

aguas_pluviais1

Coleta de Água

1. A água coletada do telhado pode ser:

a) armazenada para uso direto
b ) infiltrada para armazenar no subsolo
c ) combinar as duas ações anteriores

2. Existem três componentes estruturais para coleta:

a) sistema de coleta da água do telhado.
b ) tanque de armazenamento
c ) Recarga de águas subterrâneas.

O custo do sistema depende do custo de cada um destes componentes.

3. A Água coletada nos primeiros momentos de chuva não são muito recomendadas já que contêm um pouco de terra. Uma vez que o telhado é lavado pela chuva, a água restante é coletada . Quase 80 % da queda da chuva podem ser facilmente colhidas .

4. É muito mais fácil coletar a água de um telhado inclinado simplesmente colocando calhas laterais (tubo de coletas semi- circulares) para trazer a água coletada em um ponto comum. Superfícies planas de cobertura de concreto, por vezes, oferecem desafios mais sérios para a coleta de água da chuva.

5. Normalmente, os telhados planos de concreto são fornecidos com pelo menos 4 pontos (tubos de drenagem ) que correm ao longo dos quatro cantos. Isto significa que a água coletada de todos os 4 cantos tubos devem ser levados ao local de armazenamento comum, através de uma rede de tubulações adicionais. Isso pode estragar a estética e aumentar o custo. Além disso, existe uma necessidade de manter a cobertura limpa para evitar a poluição da água da chuva, impedindo as pessoas a usar a parte superior do telhado para diversos fins, incluindo o armazenamento de itens de lixo.

 

Tanque de armazenamento

1. Tanques de armazenamento podem ser construídos:

a ) subterrâneo
b ) meio subterrâneo e meio sobre o solo
c) sobre o solo, dependendo de seu tamanho e disponibilidade de área.

2 .Tanques de armazenamento podem ser:

a) tanques prontos de PVC
b) tanques de ferrocimento
c)  tanques de concreto.

O custo deve ser considerado, para um armazenamento pequeno (< > 20.000 l), tanque de concreto seria o ideal.

3. Tanques de ferrocimento são de menor custo. Estes são tanques feitos de argamassa de cimento rico sobre uma estrutura de tanque feito de dobra , corte e ligação de 5 mm ou barras de ferro como o reforço na uma camada de dentro e do lado de fora com rede de arame. Ao contrário dos tanques de concreto, estes são menos propensos a rachaduras/vazamentos e podem ser feitos em qualquer formato (redondo, cilíndrico, etc). Pedreiros com experiência no trabalho com ferrocimento são necessários para realizar este trabalho. Muitas ONGs têm esses pedreiros.

4. O Tanque de armazenamento a ser usado para  água potável deve ter um sistema de filtro no ponto de entrada , um sistema de extração de água para tirar água (torneira, bomba de mão) e um sistema de drenagem para a limpeza periódica do tanque ( bueiro, tubo de drenagem , etc ).

5. Um componente de desvio (junção T com válvula) é necessário na saída do telhado recolhidos por tubos de água para permitir que a água a ser eliminada (água suja, depois da chuva inicial) ou armazenada num tanque de armazenamento, através do sistema de filtro seja utilizada como água potável.

6. A água da chuva é geralmente deficiente em minerais dissolvidos necessários para o corpo humano. Alguns cientistas sugerem que a utilização prolongada, devido a baixa de cálcio (Ca) na água da chuva pode absorver algum cálcio do nosso corpo tornando os ossos fracos. No entanto, até agora não houve relato de qualquer efeito adverso do uso de água de chuva como água potável.

autocad-pacote-premium

 

Recarga de águas subterrâneas

1. Recarga artificial de águas subterrâneas é processada quando:

a) há excesso de água de  fonte disponível no local
b) qualidade da água da fonte é compatível com o lençol freático para ser recarregada.

2. É sempre mais seguro e desejável construir uma estrutura de coleta de águas pluviais onde a água é em parte armazenada para uso direto e , em parte, permitida a se infiltrar para recarregar as águas subterrâneas. Isto ajuda a manter o controle de qualidade da água utilizada para a recarga .

3. A estrutura de recarga é geralmente um poço de 1 a 2 metros cúbicos (pode ser maior quando grande quantidade de água deve ser recarregada), preenchido com materiais filtrantes classificados como paralelepípedos, pedras, cascalho e areia em camadas. O objetivo é água de boa qualidade se infiltrar livre do lodo.

4. Projetando locais específicos para leitos filtrantes  são de suma importância. Se os poros do filtro são muito pequenos, a filtragem da água será muito lenta. Por outro lado, os filtros com poros maiores permitirão uma filtragem  mais rápida, mas a água pode não estar isenta de material em suspensão. Por esta razão, é habitual ter um tanque de armazenamento de pré filtro de onde a água é fornecida para o poço conforme a sua capacidade de filtração .

5. Nas zonas de rocha dura (basalto e granito), onde a água ocorre sob condição de lençol freático na formação, não há necessidade de ligar um tubo de extensão, a partir da parte inferior do poço de recarga. Mas, em áreas onde a água ocorre sob essa condição em um nível mais profundo (20 – 100 m ), seria necessário ligar um tubo de extensão .

6. O objetivo do tubo é permitir que a água da fonte se junte diretamente com a água subterrânea (lençol freático) sem se perder na zona insaturada sobreposta. Idealmente, o comprimento do tubo deve ser tal que termine na proximidade do lençol freático que contudo, é conhecido por flutuar, sazonalmente. É necessário que a maior parte do fundo do tubo seja um tubo com fenda. Do mesmo modo, se o tubo se estende para cima do nível do solo, a parte superior mais tubo deve também ser um tubo com fenda .

7.  Uma área de rocha dura abandonada bem cavada (seca, mas limpa)  pode ser utilizada como um poço de recarga efetiva desde que:

a) lençol freático não é muito abaixo do fundo do poço.

b ) a formação perto do fundo poço é porosa e permeável

c ) a água desviada para a recarga é de boa qualidade.

Tal prática de recarga deve ser executada preferencialmente em consulta com um geohidrologista e é melhor ser evitada se houver um risco de entrar na água contaminada no poço e, consequentemente, para a água subterrânea.

8. Recarga artificial de águas subterrâneas através de uma série de estruturas de recarga não só irá aumentar a disponibilidade de água (lençol freático elevado), mas também irá melhorar a qualidade da água. Se apropriadamente construída e gerenciada, é possível usar uma perfuração bem como uma recarga durante o período de mudanças de estação e fornecimento (captação )durante os meses de verão.

9. Toda a estrutura de Aproveitamento de Águas Pluviais vai exigir um acompanhamento regular e periódico ( no mínimo anual) de limpeza e manutenção de seus diversos componentes. É aconselhável preferir não construir essas estruturas, se a manutenção regular não pode ser assegurada.

aguas_pluviais2

Fonte: Rain Water Harvesting-Design Tips

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.autocad-projeto-prefeitura

José Eduardo Rendeiro

Arquiteto formado pela Universidade Mackenzie com atividades em escritórios de arquitetura e construções, além de projetos próprios. Trabalha com Autocad, Sketchup e Revit e dá suporte e produz conteúdo para Cursos Construir além de traduzir e escrever artigos de Arquitetura e Plataforma BIM para blogs específicos.